Sem categoria

QUANDO O AMÉM É O COMEÇO

       Nem toda folha prefere a árvore.       Um dia ela abandona seu aconchego, corta as vias de acesso às raízes, larga o imenso corpo estático que a acalentava, supera a grande estrutura vegetal do seu passado e prefere o vento, a suave e decisiva escola da queda, decide ir embora, escapar,… Continuar lendo QUANDO O AMÉM É O COMEÇO