FAMÍLIA

O QUE UM PAI APRENDE QUANDO TEM MUITOS FILHOS (e uma única esposa, é claro)

 


Aprende muitíssimas e variadas coisas.

Aprende a descascar laranja por lote, a raspar maçã com a colher do arroz, amassar um cacho de banana de uma vez só, tirar as sementes da melancia, separar os pedacinhos de cebola da sopa, abrir a tampa do nescau, abrir a tampa da maionese, cortar com os dentes o sachezinho de ketchup, soprar o leite quando está quente, aprende a cozinhar com uma mão só enquanto segura o bebê no colo, aprende a comer com uma mão só,  a abrir lata de atum com uma mão só,  a amarrar sapato com uma mão só, a fechar botão de camisa com uma mão só,  aprende também a pedir silêncio,  a pedir licensa, a pedir por favor, a pedir pelo amor de Deus, a pedir ajuda, a pedir socorro, a pedir reforços, aprende a economizar, a fazer conta de dividir, aprende a fazer mágica, a usar 32 metros dos 30 do rolo de papel higiênico, aprende a fazer a pasta de dente durar mais 2 dias depois de acabar, a lavar uma criança inteira com 1 centímetro de sabonete, aprende também a difícil arte de perder no jogo da velha, aprende a chutar uma bola de futebol com delicadeza, aprende a soprar bexiga,  a amarrar bexiga, a separar bexigas que foram amarradas juntas, a estourar bexiga, a odiar bexiga,  aprende a estourar grandes quantidades de pipoca, aprende a ler bula de remédio,  aprende a fazer mais promessa que político em eleição  pra fazer a criança tomar o remédio,  aprende a ir dirigindo até o plantão de olho fechado, aprende a colocar bandaid, a passar lencinho, a etiquetar material escolar, aprende de novo como se escreve o K em letra cursiva, aprende a fazer cabeçalho, a recortar em revistas palavras que terminam com ÃO,  aprende quem foram os autores do Hino Nacional, e depois de dois dias esquece de novo, aprende a perguntar como o cachorinho faz, como a galinha faz, como a vaquinha faz, aprende a imitar a Peppa, o Jorge e o papai Pig, aprende a consertar rodinha de brinquedo, a comprar brinquedo, a doar brinquedo, a jogar brinquedo fora, aprende a ser brinquedo, aprende a assinar bilhete da agenda, aprende a dormir mais tarde, a acordar mais cedo, a não dormir de jeito nenhum, a jogar o menino pra cima, a rolar a menina pro lado, a botar o menino na cama, a tirar a menina do berço, a segurar o menino na gangorra, a empurrar a menina no balanço, a prender o menino na cadeirinha, a colocar a menina no pescoço, a buscar o menino na escola, a levar a menina na festa, a fazer mais menino e a fazer mais menina.

E não acabou não!

Aprende que a alegria de um filho é a maior alegria que ele pode ter. E a alegria de todos os filhos juntos é o que forma a metade da palavra pai.

Aprende também que a dor de um filho é a maior dor que ele pode sentir. E a dor de todos os filhos juntos é o que forma a outra metade da palavra pai.

É assim que ele aprende chorando, e é assim que ele aprende sorrindo, o porquê Deus quer ser chamado de Pai.

E por fim ele aprende algo surpreendente. Quando ele olha para a esposa ao seu lado e repara em como ela faz as coisas. O pai percebe o quanto que teve que se esforçar e estudar para aprender a ser pai.

A mãe,  pelo contrário, parece que já nasceu sabendo ser mãe!

É por isso, meu amigo pai, que não adianta reclamar. Por mais festa que o bebê te faça, ele nunca te olhará do jeito que olha pra ela. Ele nunca vai sorrir pra você do jeito que sorri pra ela. E quando o pai percebe como aquele garotinho se aninha perfeitamente nos braços dela, e analisa o quanto de amor ela é capaz de oferecer, o pai aprende, depois de velho, o porquê Deus quis ter uma Mãe.

3 comentários em “O QUE UM PAI APRENDE QUANDO TEM MUITOS FILHOS (e uma única esposa, é claro)

  1. estou amando seu blog, sou a Larissa sou catecumena em Franca SP e tenho 4 filhos, estou nessa jornada de descobrir como cuidar de todos, como amar cada um na sua particularidade, como escutar com atenção todos( as vezes ao mesmo temo), e como as pessoas que nao me entendem se julgam melhor que eu, e se julgam no direito de perguntar coisas que não são cabíveis, ( como se são todos do mesmo pai).
    Tenho um desejo enorme no meu coração de ter mais um filho, mais as vezes me contamino com a maldade dos olhares e conversas que ouço, encontrar seu blog foi para mim um refresco, um alivio de saber que nao estou só, que não sou louca por obedecer a Deus sozinha…Siga em Frente sempre levando a Palavra de Deus e seu testemunho…

    Curtir

    1. Obrigado pelas palavras Larissa. Obrigado também por compartilhar alguns textos do blog. Já faz um bom tempo que não escrevo,o blog estava praticamente abandonado. Achei que ninguém fosse mais ler… Agora me deu um novo ânimo! Obrigado mesmo! Não sei me conhece, então me apresento:
      Me chamo Teo, casado com a Con, nosso oitavo filho está com 42 dias. Participamos das comunidades neocatecumenais, aqui na catedral de Franca. Continue defendendo a família cristã como vem fazendo. E rezemos uns pelos outros. A paz de Cristo!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s